Covid-19: Mantemos os nossos colaboradores e clientes em segurança. Leia aqui as medidas de proteção para ir à sua marcação. close
Voltar Voltar
Blog Carglass®
Manutenção do Carro

10 dicas para poupar nos combustíveis

Partilhar

Todos os condutores têm hábitos que se tornam vícios sem se aperceberem. Por isso, é tempo de os mudar de modo a adotar uma condução mais eficiente. Um dos primeiros passos a dar nesse sentido é saber como poupar nos combustíveis.

Sim, poupar nos combustíveis é meio caminho andado para uma condução mais equilibrada e controlada. Isto porque, controlando as ações de condução, mais o condutor poupa e, por sua vez, ajuda a conservar o meio ambiente, não libertando emissões poluentes em demasia.

Assim, neste artigo segue uma série de dicas de como poupar nos combustíveis e, no fundo, um guia rápido para uma melhor condução.

Como poupar nos combustíveis: 10 dicas essenciais

Com efeito, estas dicas são ainda uma ajuda extra em dois sentidos: para pessoas que têm um carro e querem saber o que podem/devem fazer para poupar no combustível; e, por outro lado, para quem ainda não tem carro, mas já anda à procura e quer saber como poupar nos combustíveis.

1. Alternativas automóveis disponíveis

Esta primeira dica acaba por ser um primeiro aviso à navegação no sentido de alertar quem deseja comprar carro para as alternativas existentes no mercado. No caso, as soluções automóveis disponíveis são: gasolina, gasóleo, híbridos, elétricos e GPL.

Entre estes 4 tipos de soluções existem diferentes vantagens e desvantagens, no que toca ao combustível (ainda que dois deles sejam: eletricidade e gás). As principais identificadas são:

Carros a gasolina

Vantagens:

  • Os motores a gasolina são mais refinados;
  • Preço de compra mais barato;
  • Não têm restrições de circulação;
  • Menos poluente que o gasóleo;

Desvantagens:

  • São motores menos eficientes (vida útil mais curta);
  • Preço por litro mais caro (ex: comparação com gasóleo);

Carros a gasóleo

Vantagens:

  • Financeiramente mais vantajosos no combustível (são mais eficientes e gastam entre 15 a 20% menos combustível);
  • Condução e desempenho em estrada mais suave;
  • Gasóleo mais barato (ex: comparação c/ gasolina);

Desvantagens:

  • Os carros a gasóleo são mais caros (ex: comparação com gasolina);
  • O gasóleo é mais poluente (ex: comparação com gasolina);

Carros Híbridos

Vantagens:

  • Baixo consumo (o motor de combustão é utilizado com moderação);
  • Dois motores (hipótese de escolha: eletricidade e combustão);
  • Emissões de CO₂ (Baixos níveis de emissão);

Desvantagens:

  • Autonomia da bateria (os híbridos exigem mais carregamentos de energia);
  • O preço é a grande desvantagem de um carro híbrido;

Carros elétricos

Vantagens:

  • Zero emissões (não emitem gases poluentes);
  • Não gasta combustível fóssil;
  • Custos de energia de um carro elétrico são inferiores vs carros a combustível;
  • Sistema de regeneração (para aproveitar as travagens e gerar energia para carregar a bateria).

Desvantagens:

  • Autonomia da bateria (as baterias não permitem uma autonomia igual ou superior à dos automóveis tradicionais);
  • Carregamento de baterias (processo de carregamento de baterias ainda não é o mais eficaz);

Carros a GPL

Vantagens:

  • O GPL é bem mais barato que a gasolina e gasóleo, custando entre 0,60 € e 0,70 € por litro;
  • São menos poluentes (poucas impurezas);

Desvantagens:

  • Baixo número de postos de abastecimento;
  • O rendimento de um depósito GPL é menor que o de um carro com motor a combustão;
  • Os carros a GPL estão impedidos de circular ou estacionar em alguns lugares (ex: parques fechados);

Ainda que existam estas vantagens e desvantagens, o importante é procurar informação, analisar, comparar vantagens, desvantagens e custos associados a cada combustível. Desta forma, fica sempre com uma ideia sobre cada opção, o que vai ajudar a realizar uma escolha mais indicada às necessidades diárias identificadas.

2. Planificar a viagem

Saber como poupar nos combustíveis, passa também por delinear o trajeto a percorrer. Isto porque, a improvisação nunca é amiga ao fazer uma viagem. Seja para mais curta ou até mesmo mais longa é essencial realizar o melhor trajeto. Desta forma, sabe-se sempre o trajeto e prever qual o combustível a gastar.

Uma boa ideia é, antes de sair de casa, escolher sempre a rota mais curta: dessa forma já se começa a poupar tempo e dinheiro (ou então pedir ajuda ao GPS!).

3. Evitar acelerações

Conduzir suavemente, mantendo uma velocidade constante e evitando acelerações bruscas terá um impacto, seguramente, na carteira. Seja em combustível, como em multas.

Por exemplo, o consumo de gasolina ou gasóleo é menor quanto mais suave for a velocidade. Portanto, sempre que é necessário travar, acelerar ou mudar de velocidade, deve-se fazer nos momentos certos.

É sempre preferível utilizar engrenagens altas e baixas rotações sempre que possível. Do mesmo modo, para desacelerar, tirar o pé do acelerador e deixar o travão motor atuar por si mesmo antes de aplicar o pedal, também são formas de poupar no combustível.

4. Calibração correta dos Pneus

O bom estado e a pressão dos pneus têm impacto no consumo de combustível. No fundo, quanto menor for a pressão dos pneus, maior será o consumo de gasolina e gasóleo.

Por outro lado, além da pressão, é necessário também verificar a estrutura do pneu. Para confirmar que não está danificada e se a profundidade do piso está correta. Para ter a certeza, pode ser usado o truque da moeda: inserir um euro e se a parte dourada ficar visível, o pneu deve ser substituído.

Resumidamente, uma boa manutenção dos pneus é meio caminho andado para uma melhor circulação e saber como poupar nos combustíveis.

5. Utilizar formas de comparação

Outro bom ponto de partida para poupar é também comparar preços de combustíveis. Se for segunda-feira, quando os preços são atualizados, devido a uma estratégia dos distribuidores para comunicar o preço dos seus produtos à UE, é melhor altura para fazer uma pesquisa sobre os combustíveis na zona de residência ou então na zona de destino.

Para isso, existem simuladores de comparação de preços de combustível que ajudam a verificar as estações de serviço e os seus preços.

6. Guardar os objetos inúteis em… casa

Por norma, os condutores têm o hábito de viajar com coisas desnecessárias na bagageira. Sim, um carro pesado irá consumir muito mais combustível; muitas vezes a mala do carro está cheia com todo o tipo de materiais que não são necessários. Logo, o melhor mesmo é transportar apenas o essencial e distribuir a carga uniformemente por todo o espaço.

Para alertar os condutores deste facto, foram realizados estudos rodoviários que mostram dados interessantes. O transporte de 45 kg a mais do que o necessário em qualquer viagem de automóvel pode aumentar o consumo do seu veículo em 2%; e, 100 kg a mais pode significar um consumo extra de combustível de cerca de 6%.

Por outras palavras, o essencial, sim?

7. A manutenção é fundamental!

A manutenção conforme as diretrizes e prazos do fabricante ajudam quando o assunto é saber como poupar nos combustíveis. Isto porque, quando o motor funciona eficientemente, não necessita de "puxar” ainda mais pelo motor, consequentemente pelo combustível.

Por esta razão manter a mecânica do carro imaculada é fundamental. Para isso, nada como verificar os filtros, lubrificantes, fluidos e outros elementos, como o estado das velas, dos filtros de ar, o alinhamento da direção e o estado do motor.

Um carro em bom estado ajuda sempre a poupar combustível.

8. Reduzir a utilização do ar condicionado

O ar condicionado utiliza um compressor ligado à correia do motor para funcionar. Para tal, consome energia, portanto, qualquer tipo de fonte de combustível.

Em números práticos, segundo testes automóveis, dependendo da intensidade do ar e da temperatura exterior, o consumo situa-se entre 0,2 litros e 1 L por 100 km. Além disso, o consumo do combustível com ar condicionado situa-se entre os 20% (autoestrada) e os 30% (cidade).

Assim, para quem estiver a conduzir na cidade, a baixa velocidade, o melhor é abrir as janelas e esquecer o ar condicionado. No entanto, não é a melhor solução se estiver a conduzir em estrada. Isto porque, a aerodinâmica do carro é afetada e o motor precisa de fazer um trabalho extra.

9. Carro parado, carro desligado

É senso comum. Mas a verdade é que muitos condutores têm o hábito de estar com o carro ligado quando está parado.

A título de exemplo, ligar o veículo consome tanto quanto estar parado 30 segundos com o motor a trabalhar. Logo, numa espera por alguém ou até mesmo em semáforos prolongados, nada como desligar o motor e começar a poupar combustível.

Novamente, saber como poupar nos combustíveis parte muito por saber também entender como contrariar estes pequenos vícios. O sistema Start & Stop, veio ajudar neste ponto.

10. Condução defensiva

A condução defensiva é uma forma de condução mais inteligente que contribui ativamente para a diminuição dos sinistros rodoviários e… na conta no final do mês com o combustível.

Por outras palavras, nada como evitar uma condução agressiva. Acelerações e travagens repentinas e repetitivas são inimigas de poupar combustível e uma maior probabilidade de vir a ter um acidente. Ou seja, não faz muito sentido arriscar. Deve-se sim, jogar por antecipação, estando atento a todos os intervenientes da estrada.

Ficou mais fácil saber como poupar nos combustíveis?

Nos últimos anos, esta temática é muito debatida devido aos combustíveis fósseis. Tal como exemplificado em cima, inúmeros foram os estudos que vieram ajudar a condução rodoviária no campo da poupança de combustíveis e os próprios condutores.

Nesse sentido, referir um último estudo que pode ser bastante útil nesta questão. Conforme a Comissão Europeia, apenas 3% dos condutores aplicam técnicas de condução eficientes, que permitem a redução do consumo de combustível, e como tal poupar dinheiro.

Se "todos” os condutores seguissem estes hábitos, técnicas de condução eficiente, conseguiam uma poupança de 20% do combustível, o que poderia representar cerca de 160 € por ano para os condutores.

Em suma, saber como poupar nos combustíveis acaba por ser um estímulo para melhorar as contas ao final do mês e também para o próprio condutor conduzir de forma eficaz.

Partilhar
Ver todos posts do Blog
Faça já a marcação online e tenha o seu vidro reparado rapidamente!