marcação vidro partido automóvel Onde estamos
Política de Cookies

Este site utiliza cookies para proporcionar uma melhor experiência de navegação. Consulte a nossa Política de Privacidade. Saiba mais

compreendi e aceito
Pesquisa

É necessário introduzir pelo menos uma palavra.

Voltar Voltar

Blog Carglass®

Condução Segura

10 erros que cometemos ao viajar de carro

Partilhar

Quando está na estrada, lembre-se que não é só responsável pela sua segurança. Conheça 10 erros que cometemos ao viajar de carro. 

Errar é humano e saber retificar é de extrema sabedoria." Todos cometemos erros, mas aqueles que acontecem ao volante podem ter consequências muito graves. Por esse motivo, é vital que sejamos capazes de corrigir certas atitudes que podem causar problemas ou atrasos na condução. Neste artigo, vamos dar a conhecer 10 erros que cometemos ao viajar de carro para que da próxima vez que faça uma viagem os possa evitar. Venha daí connosco! 

10 erros que cometemos ao viajar de carro 

1. Sair de casa sem organizar a viagem 

Ok. No último minuto decidiu partir para a aventura e aproveitar para fazer uma viagem para recarregar baterias. Ótimo! Mas antes de o fazer e decidir como o vai fazer, tenha em consideração o seguinte:

- Partilhar os custos da viagem (que tal convidar alguém para ir consigo?)
- Avaliar os custos de alugar um carro em caso de não querer utilizar o seu carro; 
- Fazer um itinerário para saber ao certo os pontos de passagem; 
- Calcular o percurso e custos de combustível; 
- Pensar em fazer um seguro de viagem (considere este ponto se for para um destino fora do comum); 
- Voltar a fazer um checklist a esta lista e confirmar que tem tudo pronto para a sua viagem.

Para além destes pontos logísticos directamente ligados à condução, lembre-se dos factores externos à condução. E quais são? 
- Confirmar se deixa desligados todos os equipamentos electrónicos em casa; 
- Fechar todas portas e janelas; 
- Separar documentos e medicamentos necessários para a viagem. 

Agora questiona-se, estes pontos são factores a ter em conta porquê? Por que desta forma, viaja com a certeza que não "deixa nada para trás” e parte para a estrada calmamente e sem qualquer tipo de stress ou problema.

Acredite que factores externos à condução também influenciam a atenção e capacidade mental para conduzir. Assim, é importante que faça uma revisão a estes pontos para uma viagem mais segura e tranquila.

2. Não verificar as condições técnicas e mecânicas do carro

Antes de fazer uma viagem mais longa, certifique-se que verifica as condições do seu carro. Estamos a falar de: pressão dos pneus, alinhamento e balanceamento, combustível, óleo, motor, freios ou estado dos filtros.

É fundamental que faça esta revisão. Temos a certeza que não quer ter uma surpresa desagradável enquanto conduz. Além dos custos envolvidos numa possível reparação destes elementos, qualquer tipo de percalço pode causar um acidente. 

Com efeito, o nosso conselho é passar pelo seu mecânico e confirmar se está tudo esteja em ordem.

3. Mudar a música enquanto conduz

Embora possa parecer um ato de menor dimensão no universo da condução, não é. É um gesto que nos "desliga” por instantes da estrada e que nos pode distrair.

Por isso, antes de sair de casa, que tal preparar uma playlist à sua medida para não ter de desviar a atenção da estrada?

4. Beber muito café

É um erro muito comum entre os condutores. Nós sabemos que muitas horas ao volante podem levar a paragens para tomar café. Contudo, considere sempre o outro lado da moeda.

Beber muito café também o deixará nervoso e esse estado para a condução não é o mais indicado. Se precisar de fazer uma pausa, pode tomar um café para evitar a fadiga, mas nas seguintes, descontraia simplesmente, descanse para recarregar baterias.

5. Alugar carro: não escolher o carro certo

Este é um erro que só vamos dar conta quando sentirmos a condução do carro alugado. Por exemplo, para viagens longas e com companhia, convém alugar um carro espaçoso.

Por sua vez, se a sua decisão estiver dependente de custos e comparações de modelos, lembre-se sempre que existe a hipótese de dividir os custos da viagem. Se assim for, poderá ter margem para escolher um veículo mais adequado às suas características. O conforto é essencial para uma viagem tranquila.

6. Circular a velocidade excessiva 

"Carregar” continuamente no acelerador não é solução. Independentemente dos limites de velocidade e a sua vontade de chegar mais rápido. Respeite sempre as regras de trânsito e evite acidentes e multas.

Por outro lado, mesmo que esta seja a sua maior vontade, nunca se esqueça, ”o importante é chegar". Por isso, faça a viagem com tempo e com os cuidados necessários. 

7. Não prestar atenção ao estado do para-brisas 

Verificar o estado do carro, como dissemos, é uma parte importante do planeamento de uma viagem. No entanto, em muitas ocasiões, não damos a importância a pequenos pormenores, como por exemplo, impactos no para-brisas. 

Estes podem ser reparados facilmente e além disso, se procurar a ajuda de especialistas, temos a certeza de que vai encontrar uma solução rápida e eficaz. Por exemplo, na Carglass®, a reparação ou substituição do para-brisas é um processo que dura cerca de 30min. 

Com efeito, quando decidir partir para a aventura, lembre-se de conferir o seu para-brisas. Se tiver algum tipo de impacto, saiba que pode alastrar e afetar diretamente a visibilidade do condutor. Dizer ainda, que se for uma viagem com temperaturas mais elevadas, a probabilidade do impacto ficar "mais sério” aumenta. 

Portanto, se tiver tempo para ir a uma oficina Carglass® antes de viajar, pode o fazer! Temos uma equipa de especialistas que irá atender às suas necessidades e fazer o necessário para que faça o seu caminho sem qualquer tipo de problema. 

8. Não parar para descansar 

Uma forma de transformar uma viagem agradável numa experiência insuportável, desconfortável e stressante é não parar para descansar. É uma necessidade e faz parte da segurança de todos os passageiros. Mas não pare em qualquer lugar.

Conforme o seu percurso, vá parando consoante os pontos de interesse que identificou. Uma viagem deve ser divertida. Programe o seu descanso para a cada duas horas. Algumas viagens podem durar mais dias do que o planeado inicialmente, por isso um bom itinerário torna tudo possível. 

9. Dar boleia a estranhos 

Parece um conselho de filme de terror, mas a verdade é que é um risco dar boleia a um estranho independentemente da situação. 

Embora algumas experiências deste tipo possam ser divertidas, convém ter sempre cuidado. Principalmente porque em muitos países dar boleia é proibido. Por isso, jogue pelo seguro e apesar de sentir um sentimento de ajuda, controle as emoções na hora de perguntar se alguém quer boleia. 

10. Não conhecer os sinais e regras de trânsito locais 

Em alguns países, por exemplo, na Rússia, pode ser multado por ter o carro sujo. Outro dos exemplos, é em França, onde deve ter sempre consigo um alcoolímetro no carro.

Assim, antes de começar a sua viagem, uma boa ideia é ficar a conhecer as regras de trânsito da região ou do país que vai visitar. Desta forma, temos a certeza de que vai evitar multas e situações desagradáveis ​​durante a sua estadia. 

Chegou a hora de perguntar, já passou por alguma destas situações? 

Se a sua resposta for sim, não tem de se preocupar, ninguém vai atrás de si para cobrar! Contudo, da próxima vez, não tem desculpa porque já sabe quais os 10 erros que cometemos ao viajar de carro. 

Por último, queremos destacar mais um erro que devido à sua importância ficou para o final: nunca beba álcool ou consuma drogas se for conduzir. 
Sem dúvida que este é o maior conselho entre todos os que referimos. Não há necessidade de arriscar e aproveite para fazer uma boa viagem.

Partilhar
Ver todos posts do Blog
Faça já a marcação online e tenha o seu vidro reparado rapidamente!
Carglass We WCAG 1.0
Seguir NO
Add This Addthis