Carglass logo
Aguarde um momento
Blog Carglass® Voltar Voltar
reciclagem-de-vidro-automovel
Condução Segura

Carglass® recicla! A importância da reciclagem de vidro

Partilhar
Facebook Twitter Linkedin
03 de ago 2023 | 4 min de leitura

A sustentabilidade é tema de ordem e tornou-se imperativo às empresas a adoção de práticas sustentáveis de modo a reduzir o seu impacto e contribuir para um futuro mais verde. Para a Carglass®, este é um tema fulcral e enraizado nos nossos valores. E, empenhados em promover a reciclagem de vidro como parte da nossa estratégia de sustentabilidade, asseguramos a reciclagem de 98% de todo o vidro e resíduos produzidos. Conheça a importância da reciclagem dos vidros automóveis e qual o processo.

A importância da reciclagem de vidro na indústria automóvel

A indústria automóvel desempenha um papel significativo na economia global, porém, está também associada a diversos desafios ambientais. Neste contexto, a reciclagem de vidro destaca-se como uma prática essencial para reduzir o impacto ambiental, promover a sustentabilidade no setor e estimular a economia circular.

Em termos práticos, os resíduos obtidos numa reparação de para-brisas são muito menores e menos nocivos para o ambiente que os resíduos obtidos numa substituição.

Benefícios da reciclagem de vidro de carros

  • Redução do consumo de energia e das emissões de gases de efeito estufa: ao reciclar vidro automóvel, é possível economizar energia significativa, pois o processo de reciclagem requer menos calor do que a produção a partir do zero. Adicionalmente, ao evitar a extração de matérias-primas, a reciclagem de vidro também contribui para a redução das emissões de gases de efeito estufa associadas a essas atividades.
  • Conservação dos recursos naturais: O vidro é feito principalmente de sílica, um recurso natural esgotável. Com a reciclagem de vidro, é possível reduzir a necessidade de extrair novas matérias-primas, ajudando a preservar os recursos naturais do nosso planeta.
  • Redução do desperdício e aproveitamento de materiais: ao reciclar os vidros dos veículos, é possível evitar que estes acabem em aterros sanitários ou sejam descartados de forma inadequada, garantindo que sejam reintegrados à cadeia produtiva como matéria-prima para a produção de novos produtos de vidro.
  • Criação de novas oportunidades de negócio e emprego: A indústria da reciclagem de vidro automóvel não só promove a sustentabilidade ambiental, mas também impulsiona a economia ao criar novas oportunidades de negócio e emprego. O aumento da procura por serviços de reciclagem de vidro automóvel cria empregos em toda a cadeia, desde a coleta até o processamento e a fabricação de novos produtos.

Vidro temperado: o que é

O vidro temperado é um tipo de vidro que passa por um processo de tratamento térmico para aumentar a sua resistência e segurança. Esse processo envolve o aquecimento e arrefecimento muito rápido do material, o que resulta num vidro cinco vezes mais resistente que o vidro comum. Caso este seja quebrado, não forma cacos e estilhaços pontiagudos, mas pedaços menores e arredondados.

O vidro temperado é amplamente utilizado na indústria automóvel devido às suas propriedades de resistência a impactos e quebras.

Vidro temperado é reciclável?

No que diz respeito à reciclagem, o vidro temperado apresenta alguns desafios. Devido ao processo de tratamento térmico, este tipo de vidro possui tensões internas que o tornam mais resistente a impactos, mas também dificultam a sua reciclagem. Estas tensões internas fazem com que o vidro temperado, ao ser quebrado, se fragmente em pequenos pedaços com bordas arredondadas, o que torna a separação e classificação do material mais complexas.

Embora o vidro temperado não seja facilmente reciclável no processo convencional de reciclagem de vidro, existem avanços tecnológicos e métodos especializados que permitem a reciclagem deste tipo de vidro e a sua reintrodução na cadeia produtiva.



Como é feita a reciclagem do vidro dos carros

Já destacada a importância da reciclagem de vidro, vamos falar um pouco sobre este processo, que é bastante simples.

Uma vez feita a troca do vidro, a cópia danificada é enviada para o depósito central, onde o vidro descartado é recolhido - em todos os centros que compõem nossa rede.  Posteriormente, são transferidos para uma estação de tratamento de resíduos. Como para reciclar cada componente do para-brisa é necessário fazê-lo separadamente, o próximo passo é deixá-lo ao ar livre entre 2 e 6 meses, para que as condições climáticas se encarreguem de separar as duas camadas de vidro. Depois de separadas, o procedimento continua com a filtragem do vidro para classificar e separar as diferentes peças de acordo com seu tamanho e material - vidro ou plástico.

Por fim, todo o vidro da janela frontal antiga é derretido para remanufaturar novos componentes do carro ou outros elementos. Da mesma forma, o PVB e os demais metais do para-brisas também são reaproveitados.

Tendências e desafios na reparação e substituição de vidro automóvel

Podemos afirmar que os dias em que a substituição de um para-brisas era um processo rudimentar, onde simplesmente se removia o vidro, estão ultrapassados. Complexidades como a existência de diversos sistemas avançados de assistência ao condutor alocados no vidro para-brisas, adicionam mais responsabilidade e impactam o processo de reparação ou substituição. Substituir um para-brisas e garantir que a viatura e todos os seus sistemas estejam a funcionar corretamente é, de facto, cada vez mais complexo e exige um constante investimento na formação de técnicos altamente especializados.

Outro desafio é relativo ao nível da logística, sendo necessária a resposta imediata quer técnica quer de produto, num quadro de constante inovação e rotação dos itens dos fabricantes automóveis. Dada a tendência da superfície de vidro nas viaturas ser cada vez maior, implica novos formatos, formas de acomodação e disponibilidade de matéria-prima.

Reparação em vez de substituição: 10 razões para optar por esta abordagem sustentável

Na procura de soluções mais sustentáveis, a indústria automóvel tem adotado a abordagem de reparação em vez de substituição, quando se trata de vidros danificados. Na Carglass®, sempre que o dano permite, optamos pela reparação de vidro. Esta prática não apenas reduz o desperdício de vidro, assim como oferece uma variedade de benefícios para o cliente.
  1. Pode ser feita imediatamente, não sendo necessário esperar pela entrega de um vidro
  2. É uma opção mais leve para a sua carteira, sendo menos dispendiosa que optar por colocar um vidro novo.
  3. Impede de vez que o dano se alastre, não sendo necessário um vidro novo devido a este dano.
  4. É segura: restaura a resistência do vidro e a viatura pode ser conduzida assim que a reparação estiver concluída.
  5. É a opção mais amiga do ambiente, não sendo necessário utilizar um vidro novo nem reciclar o antigo.
  6. É a opção mais rápida! Uma reparação demora cerca de 30 minutos, enquanto que uma substituição demora mais de uma hora.
  7. Tem melhor aspeto que uma quebra! A maioria das reparações, a nível estético, têm o aspeto de uma gota de chuva seca.
  8. Na reparação, o vidro não é retirado mantendo, desta forma, a colagem original de fábrica.
  9. É uma opção aprovada a nível de qualidade e segurança pela sua companhia de seguros.
  10. Oferecemos garantia vitalícia na reparação do seu vidro.

Os números não mentem

Na Carglass®, fazemos acontecer! Diminuímos a produção de 187 toneladas de vidro automóvel, em apenas 1 ano, ao realizarmos reparações em vez de substituições de para-brisas. Uma responsabilidade de todos e um compromisso nosso enquanto empresa.
Partilhar
Facebook Twitter Linkedin
Ver todos posts do Blog

Também lhe pode interessar

Amaxofobia: Como perder o medo de conduzir

Ver artigo

Vidro para-brisas partido? Cuidado, pode dar direito a multa!

Ver artigo
Faça já a marcação online e tenha o seu vidro reparado rapidamente!