Carglass logo
Aguarde um momento
Blog Carglass® Voltar Voltar
amortecedor-para-que-serve
Manutenção do Carro

Amortecedores: o que são e para que servem?

Partilhar
Facebook Twitter Linkedin
05 jul 2023 | 3 min de leitura

Os carros são máquinas complexas, compostas por diversos sistemas que trabalham em conjunto para garantir o seu correto desempenho, conforto e segurança. Um dos componentes essenciais para o bom funcionamento de um veículo são os amortecedores. Embora muitas vezes passem despercebidos, os amortecedores desempenham um papel crucial na estabilidade, dirigibilidade e segurança rodoviária.

O que são os amortecedores de um carro?

Os amortecedores são componentes essenciais do sistema de suspensão de um veículo, que tem como principal objetivo absorver as irregularidades da estrada e manter as rodas em contacto constante com o solo, proporcionando uma condução suave e controlada. 

Para proporcionar este efeito, os amortecedores controlam o movimento das molas e absorvem as oscilações causadas pelas irregularidades do terreno, garantindo que as rodas permaneçam em contacto constante com o solo, proporcionando a tal sensação de estabilidade e conforto ao conduzir.

Quais os diferentes tipos de amortecedores?

  • Amortecedores hidráulicos: utilizam um pistão que se move dentro de um cilindro cheio de óleo hidráulico e, à medida que o pistão se move, o óleo é forçado através de orifícios, criando resistência e controlando o movimento das molas.
  • Amortecedor a gás: utiliza um gás pressurizado, geralmente nitrogênio, para auxiliar na absorção de impactos. Este tipo de amortecedor oferece uma resposta mais rápida e são mais duráveis em comparação com os hidráulicos.
  • Amortecedor eletrónico: utiliza sensores e um sistema eletrónico, que ajusta automaticamente a rigidez do amortecedor em tempo real. Esse tipo de amortecedor é comumente encontrado em veículos de alta performance e oferece uma condução mais personalizada, adaptando-se às condições de direção.
  • Suspensões a ar: aqui, bolsas de ar substituem o conjunto mola e amortecedor. Estes sistemas necessitam ainda de um tanque de ar, diversas tubagens e um compressor, alguns são reguláveis.


Quais as funções dos amortecedores?

Como já referido, a função primária de um amortecedor é o controlo do movimento da suspensão, evitando oscilações excessivas e mantendo as rodas em contacto constante com o solo. Isto resulta numa melhor aderência, estabilidade e um maior controlo do automóvel durante a condução.

Adicionalmente, os amortecedores ajudam a absorver os impactos causados pelas irregularidades da estrada, garantindo uma viagem mais suave e confortável para os ocupantes do carro. Ainda, este componente desempenha um papel importante na redução da distância de travagem, mantendo os pneus em contacto adequado com a estrada.

O papel do cabeçote de amortecedor no sistema de suspensão

O cabeçote de amortecedor é uma das partes constituintes essenciais do amortecedor de um veículo. Localizado na extremidade superior do amortecedor, o cabeçote tem a função de fornecer suporte e conexão entre o amortecedor e a estrutura da carroçaria do veículo. Este desempenha um papel crucial na estabilidade e no desempenho do sistema de suspensão. O cabeçote de amortecedor é responsável por absorver as cargas e forças provenientes do movimento da suspensão, transmitindo-as para a estrutura do veículo de forma segura. Além disso, contribui também para minimizar as vibrações e ruídos indesejados que podem ser gerados durante a condução.

É importante ressaltar que este cabeçote precisa estar em boas condições para garantir o correto funcionamento do amortecedor como um todo. Desgastes, danos ou folgas excessivas no cabeçote podem comprometer a eficiência do sistema de suspensão, afetando negativamente a estabilidade, o conforto e a segurança do veículo. Portanto, ao realizar a manutenção dos amortecedores, é fundamental verificar também o estado do cabeçote.

Qual a importância dos amortecedores na segurança rodoviária?

No que diz respeito à segurança rodoviária, os amortecedores também desempenham um papel crucial. Quando estes estão em mau estado, ou seja, desgastados, danificados ou apresentando fugas de óleo, podem comprometer a estabilidade e o controlo do veículo. Isto pode afetar a capacidade de resposta da direção, aumentar a distância de travagem e causar uma condução instável.

Ainda, permite que o condutor mantenha um maior controlo do carro em curvas e manobras.

Sinais de desgaste dos amortecedores: quando trocar?

Se, enquanto conduz, detetar que a estabilidade do veículo está irregular, é fundamental agir.  Se o seu carro faz alguma das coisas listadas abaixo, é altura de levar o seu veículo ao mecânico:

  • Começa a adornar mais nas curvas.
  • Está sensível aos ventos laterais nas ultrapassagens.
  • Mergulha nas travagens.
  • Dá saltos ao passar pelas lombas.
  • As distâncias de travagem parecem mais longas.

A instabilidade, o maior risco de derrapagem e as maiores distâncias de travagem são os principais riscos associados aos amortecedores em mau estado. É por isso que convém verificá-los regularmente.
Partilhar
Facebook Twitter Linkedin
Ver todos posts do Blog

Também lhe pode interessar

Radiadores: o que são, como funcionam e a importância da manutenção

Ver artigo

E fez-se luz! Porque é tão importante limpar os faróis do carro?

Ver artigo
Faça já a marcação online e tenha o seu vidro reparado rapidamente!